Thursday, August 27, 2009

Silêncio meu.

Silêncio oportuno.
Tão enloguente quando um discurso sem "substância".


Eu.

Thursday, August 20, 2009

Fuga nº 2

Não deixar que o medo o afugente da fuga, fuga essa inevitável aos quem vem de lá, lá onde nascem flores nas pedras e borboletas azuis saem das rochas...
Aqui em baixo tudo é vã.
Fogem.



Eu.