Thursday, February 18, 2016

Enfim...

Através da janela de aço em traçado perpendicular
Re/vê aqueles olhos e cabelos azul/vulcão

Brincos e miçangas degradadas/inusitado
Lábios de tom carmim cantam o arrasto de noite/dia

Uma silhueta em resignação/desintoxicada de ilusões/sensações
Sobrepõem-se entre andar/sonhar

Vislumbra uma dança que perpassa o espelho/jardim
Ébrios, ambos sorriem/cantam

Enfim...

Ele.






No comments: