Friday, July 27, 2007

Fim (s)

...por fim, um abraço naquelas árvores; a descoberta que as nuvens em tons multicores, ainda fazem desenhos indecifráveis, por minutos lembram almofadas onde anjos se deitam à espreitar o brilho da lua no alto.
Tudo faz com que o dia se transforme, se cultivado atentamente de minuto a minuto, de hora em hora.

Eu.

1 comment:

Sentimentos Vermelhos said...

..Ouvindo The Smiths: The boy with the thorn in his side...
..o frio é envolvente..como suas palavras que descomprimiram-se dos lábios e sussuraram nessa página "lilás"..
..o céu está pincelado por nuvens claras e poesias de algodão...um abraço eterno sobre uma árvore frondosa...sobre as folhas amerelecidas que caem das árvores, nesse dia...seria pedir demais ao sonhos?
Beijos meu amigo, fique bem.