Thursday, May 27, 2010

You

"O Sol é de intensidade tênue, perpassa a fresta da janela com formato oblíquo.
“Aquece espaços, até então intocáveis, abraça meu corpo franzino, diluindo-se como beijos de saudade.”
Sinto saudades de você, sem mesmo conhecê-la, sem mesmo nunca ter visto seus olhos, sinto saudades de você!
Agora, muito mais que ontem!


Eu.

No comments: